Moradores do Curralinho do Andrade transformam antigo terreno da escola em centro comunitário e centro de saúde

A comunidade do Curralinho do Andrade decidiu levar a sério o ditado popular que diz que “a união faz a força”. A comunidade rural do município de Resende Costa está reformando o antigo prédio da escola, que estava totalmente abandonado, adaptando-o para ser sede do conselho comunitário e funcionar também como posto de saúde. O povoado ainda não possui locais apropriados para esses atendimentos. O último ano letivo da escola do Andrade aconteceu em 1995. Desde então, os alunos da comunidade estudam na Escola Municipal Paula Assis, no povoado do Ribeirão.

Para fazer a reforma, os moradores criaram uma associação, a AMACA (Associação dos Moradores e Amigos do Curralinho do Andrade). Depois de criada a Associação, os moradores procuraram o poder público, que autorizou a reforma. O terreno da sede da escola pertence ao estado. Como as negociações para ser transferido para o município não estavam avançando, os moradores resolveram fazer as reformas e aproveitar a estrutura e o espaço em benefício da comunidade.

As obras devem ser finalizadas no mês de outubro e estão sendo realizadas pela AMACA. Cada um dos associados contribui com uma média de dez reais mensais e ajudam também com a mão de obra. A prefeitura municipal apoiou com mão de obra e maquinário.

Para conseguir pagar todas as despesas das obras, será realizado um evento no dia 05 de outubro. Haverá um passeio ciclístico, com chegada prevista para as 10 horas da manhã. Uma cavalgada prevista para chegar às 15 horas, além de missa seguida de um leilão no fim da tarde. Durante a noite, acontecerá um baile. Os eventos vão arrecadar fundos para cobrir o restante das despesas das obras.

Categoria